Coisas de casa

15 Jun

Comece pelo começo, siga até chegar ao fim e então, pare. ~Lewis Carroll

No início era o verbo…e no meu caso o verbo era TER.

Não importava se era útil, um dia poderia precisar. E quando isso acontecia – a decepção: estava mofado, velho ou desbotado. Passo adiante, dependendo do estado. Inutilizado: lixo. Podendo ser usado: caridade.

A solução foi cuidar com afinco: levar os livros para banhos de sol matinais, horas limpando todos os sapatos, roupas de inverno lavadas à mão para tirar o cheiro de mofo, abrir as gavetas para ver se estava tudo ok. Aqui em casa tem muita umidade, é o preço por uma vista arborizada. Sinceramente, ainda assim estou no lucro, mas preciso manter as coisas arejadas – senão as perco. Virou um TOC.

Até que um dia percebi que havia me tornado babá dos objetos. Coincidentemente, li essa matéria sobre  O Desafio das 100 Coisas na Vida Simples. Achei genial! Mas cadê a coragem de fazer algo tão ousado? Me lembro que fiquei meses choramingando porque tinha dado meus livros de infância…como uma pessoa que tem esse tipo de apego pode querer se desfazer de quase tudo?

Quer saber mais? 100 Thing Challenge

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: