Tag Archives: Natal

Rabanada crocante de forno

9 Dez

Há pouco tempo, achava rabanada a coisa mais sem graça do mundo e não entendia o motivo das pessoas delirarem com aquilo. E ainda tinha o ritual estranhíssimo de passar no ovo e fritar. Até que um dia resolvi experimentar uma que minha mãe tinha comprado no Talho Capixaba e a desgraça foi feita, passei a amar rabanadas. Quente ou gelada, não importa, eu adoro! Para fingir que somos pessoas light, compartilho uma receita de rabanada crocante de forno. Minha amiga Kaká trouxe para cá e houve uma pequena reunião frenética em torno delas, e olha que ela ainda me disse que não ficaram 100%, pois elas amoleceram de um dia pro outro. Ela me passou a seguinte receita:

– pães de rabanadas, mas preferencialmente pão “dormido” 1 ou 2 dias.
– ovos batidos (com gema e tudo)
– leite (coloquei uma colher de chá de essência de baunilha)
– açúcar e canela bem misturados
– margarina ou manteiga
Modo de preparo:
1- Passe rapidinho o pão no leite, nos ovos e no açúcar com canela. Rápido para não ficar encharcadinho do leite.
2- Coloque em uma forma untada ou com papel manteiga (que é luxo para não grudar). Por cima de cada rabanada, coloque um pedacinho de manteiga ou margarina. Vai ajudar a dourar em cima.
3- Leve ao forno super pré aquecido. E deve demorar 20 a 30 min, para o açúcar ficar douradinho. Ele vira meio bala e fica até crocante!
Indo para o forno

Como ficaram depois de esfriar, delícia!

Elas realmente não ficaram muito molhadinhas, mas ficaram macias por dentro e super crocantes por fora. Super fácil de fazer, sem fritura e bem gostoso! Virei fã!

Hora de comemorar!

8 Dez

Dei uma boa sumida daqui, confesso que tivemos alguns problemas na casa e fiquei desanimada em escrever. Somos dois marinheiros de primeira viagem no lar, então já viram…qualquer probleminha vira um problemão. Digamos que invasão de cupins, falta de armários e obras na fachada do prédio não são as coisas mais divertidas nesse mundo. Ainda bem que chegamos na época das comemorações e é hora de deixar o que foi ruim de lado e comemorar o que é bom!

Ainda não conseguimos fazer uma open house oficial da casa e isso estava nos chateando, então resolvemos na última hora fazermos um almoço-ceia de Natal com alguns amigos muito queridos. Só no dia anterior conseguimos uma mesa de apoio para a sala. Eu e Gui fizemos um ano de casados no dia 30 de outubro e olha que cartão lindo em quilling fizeram pra gente! Fiquei emocionadíssima!

Fizemos o seguinte esquema que deu super certo: montamos um cardápio com direito a pitaco por todos por e-mail e cada um trouxe sua especialidade (feita ou comprada, o que vale é participar, rs). Tudo estava delicioso, todos comeram super bem e ainda sobrou! Ter amigos prendados é sensacional!

Descobri que coisa maravilhosa é a CADEG no Rio de Janeiro, a única coisa complicada é ir sem carro, pois dá vontade de sair carregando um milhão de coisas e não é um lugar muito prático. Comprei frutas e flores muito mais em conta. Também achei uma loja que vende laticínios para restaurantes, então comprei queijo de cabra de bolinha para comer com torradinhas, bom demais!

Eu amo flores e se pudesse minha casa estaria cheia delas todos os dias. Achei flores em grande quantidade e por um ótimo preço. Também comprei temperos como alecrim, manjericão e salsinha, todos em porções generosas que dá para dividir numa boa se você for com um amigo. Fui em um sábado, mas tem que ir cedo, pois às 12:00 as coisas já começam a fechar. Bebidas, azeite, queijos, é para realmente fazer a festa.

Que vontade de voltar lá todo final de semana e chamar as pessoas para uma reunião de comes e bebes…e como só podemos chamar os amigos aos pouquinhos, o bom é que a felicidade em receber pessoas queridas fica prolongada!